“5 de novembro deve ser vista como uma referência que deve continuar a inspirar a juventude de hoje para o amor a pátria”, Calisto Nascimento

O Presidente do Conselho Nacional da Juventude, Calisto Nascimento no seu discurso por ocasião de mais um 5 de Novembro, dia da Juventude de São Tomé e Príncipe, pediu aos jovens para olhar o 5 de novembro como um factor de inspiração.

“5 de novembro deve ser vista como uma referência que deve continuar a inspirar a juventude de hoje para o amor a pátria e a conquista para o desenvolvimento, devemos partir das experiências do passado para perspectivar um futuro diferente para São Tomé e Príncipe”, disse Calisto Nascimento.

Calisto Nascimento, frisou que os jovens devem “partir das experiências positivas do passado para perspetivar, um futuro diferente para são Tomé” tendo acrescentado que “nós os jovens de hoje não lidamos bem com paciência, deixamos de acreditar no tempo e queremos que tudo aconteça agora e já… As conquistas dos jovens santomenses em 1974 basearam-se na paciência, na persistência e numa confiança inabalável no tempo”.

O líder de todas as associações da juventude do país, pediu aos jovens para “sair da zona de conforto e dizer um basta bem grande em tudo que tem condicionado o nosso desenvolvimento”.

“Só o governo não vai resolver todos os problemas que temos, é preciso que nós os jovens o povo possamos entende de uma vez por todas, a responsabilidade que cada um tem no processo de desenvolvimento deste país, e que cada um assuma de uma vez por todas essa responsabilidade….Porque se assim não for daqui a 10,15 ou até mesmo 20 anos estaremos aqui a falar dos mesmos assuntos, mesmos projecto e querendo resultados diferentes”, avançou.

Calisto do Nascimento chamou a tenção e pediu união e determinação da juventude, para vencer o desafio da actualidade mundial, as mudanças climáticas.

About Post Author

Compartilhar :

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.