África com mais 692 mortes e 28.103 infetados nas últimas 24 horas

África registou 692 mortes associadas à covid-19 nas últimas 24 horas, o que eleva o total de óbitos desde o início da pandemia para 178.852, e 28.103 novos infetados, de acordo com os dados oficiais mais recentes.

Segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número total de casos no continente é de 7.103.027 e o de recuperados é de 6.206.068, mais 32.570 nas últimas 24 horas.

A África Austral continua a ser a região mais afetada do continente, com 3.98.578 casos e 93.538 óbitos associados à covid-19. Nesta região, encontra-se o país mais atingido pela pandemia, a África do Sul, que contabiliza 2.546.762 casos e 75.201 mortes.

O Norte de África, que sucede à África Austral nos números da covid-19, atingiu hoje 2.095.261 infetados com o vírus SARS-CoV-2 e 57.261 mortes associadas à doença.

A África Oriental contabiliza 843.124 infeções e 17.608 mortos, e a região da África Ocidental regista 554.309 casos de infeção e 7.273 mortes. A África Central é a que tem menos casos de infeção e de mortes, 211.755 e 3.172 respetivamente.

A Tunísia, o segundo país africano com mais vítimas mortais a seguir à África do Sul, regista 21.089 mortes e 613.826 infetados, seguindo-se o Egipto, com 16.588 óbitos e 284.875 casos, e Marrocos, que contabiliza o segundo maior número de infeções em todo o continente, 711.103 casos, mas menos mortes do que os dois países anteriores, 10.509 óbitos associados à doença.

Entre os países mais afetados estão também a Argélia, com 4.618 óbitos e 183.347 pessoas infetadas, a Etiópia, com 4.440 vítimas mortais e 285.413 infeções e o Quénia, com 4.211 mortes associadas à doença e 213.756 contágios.

Em relação aos países de língua oficial portuguesa, Moçambique contabiliza 1.641 mortes associadas à doença e 134.343 infetados acumulados desde o início da pandemia, seguindo-se Angola (1.057 óbitos e 43.890 casos), Cabo Verde (298 mortes e 34.112 infeções), Guiné Equatorial (123 óbitos e 8.951 casos), Guiné-Bissau (80 mortos e 4.864 infetados) e São Tomé e Príncipe (37 óbitos e 2.476 infeções).

A covid-19 provocou pelo menos 4.314.196 mortes em todo o mundo, entre mais de 203,9 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

Compartilhar :

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.