Associação das mulheres da comunidade de Vista Alegre e as suas dificuldades

Vista Alegre é uma comunidade situada no distrito de Mé-zochi, onde um grupo de mulheres batalhadoras criou a Associação das Mulheres de Vista Alegre.

A referida Associação foi criada em Março de 2012 com o apoio da Santa Casa da Misericórdia com o objectivo de desenvolver esta comunidade.

Durante o programa “Janela da Terra” da Zunta TV, a Presidente da Associação das mulheres de Vista Alegre, Idilene Santos, falou das inúmeras dificuldades que a comunidade enfrenta, principalmente as mulheres da referida comunidade.

A principal actividade que as mulheres de vista alegre exercem actualmente é a produção de banana seca para vender e também fazem compotas mas essas só são feitas por encomendas. A Associação não conta com apoio de nenhuma instituição pública ou privada. Com a pandemia Covid-19 as coisas ficaram ainda piores.

“Dia a dia está sendo difícil, principalmente com essa pandemia. Tem muitas mulheres na comunidade que são mães e pais, não têm marido”.

As pessoas de Vista Alegre de um modo em geral dependem da produção de cacau para se sustentarem, e não havendo essa produção as dificuldades são ainda maiores.

“As mulheres de Vista Alegre não têm jeito para negócios. Só vendemos [banana] para palaiês quando elas vão para comunidade comprar banana”. Afirmou Idilene Santos

A comunidade também carece de água potável, que a Presidente apontou como a maior dificuldade da mesma, e apesar de levar a preocupação para câmara distrital de Mé-zochi, o problema ainda não foi solucionado.

Apesar das imensas dificuldades, Idilene Santos acredita num futuro melhor para a comunidade. E aproveitou para deixar uma mensagem de força para as mulheres são-tomenses.

Compartilhar :

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.