Começaram em São Tomé as obras de reconstrução da ponte da Ribeira Funda e de mais outras

As obras de reconstrução da ponte da Ribeira Funda e de uma pequena ponte na estrada do aeroporto internacional São Tomé e Príncipe, que tinham sido destruídas durante a tempestade tropical de Dezembro de 2021, começaram em São Tomé.

O ministro das Obras Públicas e Infraestruturas, Osvaldo Abreu, que nos últimos dias confrontou com a revolta dos taxistas da cidade de Neves por causa da demora na reabilitação da ponte da Ribeira Funda, lançou as pedras para o início das obras.

O governo entregou a obra para empresa ACA, a mesma empresa que está a reabilitar a estrada nacional número 1, mais concretamente da cidade capital até a cidade de Guadalupe, em cerca de 13 quilómetros.

O Chefe das Operações da empresa ACA, garantiu que o vão da ponte da Ribeira Funda vai ser alargado.

Esta ponte deverá ficar pronta dentro de três meses e até lá deverá haver uma passagem alternativa para evitar o corte total na ligação entre a capital São Tomé e a cidade industrial de Neves. A situação tem provocado sucessivos cortes no fornecimento de combustíveis e outros produtos ao resto do país.

O ministro Osvaldo Abreu, no mesmo dia lançou também pedra para a reconstrução de uma pequena ponte na estrada do aeroporto internacional. À semelhança da ponte da Ribeira Funda, também a pequena ponte da estrada do aeroporto foi destruída durante a tempestade tropical de Dezembro do ano 2021.

A empresa JAA, ficou com a empreitada que deve ser concluída dentro de 2 meses. «Vamos fazer uma ponte de raiz, com estrutura moderna», prometeu o senhor António, proprietário da empresa JAA.

A mesma empresa JAA, assumiu o compromisso de reconstruir a ponte sobre o Rio Contador, nos arredores da cidade de Neves.

O ministro das Obras Públicas e Infraestruturas disse ainda, que está à espera dos fundos do Banco Mundial para lançar obras noutras pontes destruídas.

“As pontes de Lembá, Paga-fogo e Brigoma. Pontes que desabaram em Dezembro do ano passado. O Banco Mundial prometeu quatro milhões de dólares para as reerguer e está a demorar”, disse Osvaldo Abreu.

 

Compartilhar :

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.