“Um por todos, todos por um”, diz Jorge Bom Jesus

O Primeiro-ministro são-tomense, Jorge Bom Jesus, numa declaração feita à Televisão são-tomense, apelou a responsabilidade cívica dos cidadãos para cumprir as regras sanitárias básicas para fazer face a pandemia da Covid-19.

Ultimamente tem vindo a aumentar os números de pessoas infetadas com o novo Coronavírus no País. Segundo Jorge Bom Jesus, ao contrário do que as pessoas pensam, os são-tomenses não estão imunes a esta doença.

“Neste momento em que a doença, esta segunda vaga da pandemia, vai crescendo pelo mundo fora tanto a nível da Europa como da África e em STP nós também não estamos imunes. E não vale a pena as pessoas continuarem a pensar que STP está fora deste processo, sobretudo deste impacto.”, afirmou o chefe do executivo.

Bom Jesus entende que todos têm a consciência do problema e por isso aproveitou para apelar aos cidadãos “tanto dentro como fora do País para que cada um assuma as suas responsabilidades, sobretudo essa responsabilidade cívica de cada um poder cumprir as regras sanitárias básicas emanadas tanto da OMS como do Ministério da Saúde”, acrescentou.

A ilha de São Tomé está em Estado de Calamidade, ao contrário da ilha do Príncipe que prolongou o seu Estado de Emergência.

“São regras que não custam muito. Portanto, é só haver um bocado de boa fé, de boa vontade, um por todos e todos por um”, concluiu.

Compartilhar :

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.