DGA e PNUD organizam mesa redonda sobre Mudanças Climáticas

A sala de conferência da CACAU foi palco esta quarta-feira (05.05) de uma sessão de conversa à mesa redonda sobre as mudanças climáticas. Esta primeira sessão de conversa foi organizada pela Direção Geral do Ambiente e o PNUD, no âmbito do projecto “Cumprindo a promessa climática” em São Tomé e Príncipe.

Este ciclo de conversa tem como objetivo aumentar a sensibilização e a visibilidade sobre a atualização das NDC (contribuições nacionalmente determinadas),  reforçar a ação climática ao nível nacional e promover a apropriação dos diferentes pontos focais.

Estiveram presentes na mesa redonda a representante do PNUD, o director-geral de Ambiente, o representante da NDC (contribuições nacionalmente determinadas) em São Tomé e Príncipe e outras entidades.

Segundo a representante do PNUD, “STP é particularmente vulnerável às mudanças climáticas e sofre os efeitos adversos de Aquecimento Global, gravanas prolongadas, aumento do nível do mar e aumento de frequência de ventos fortes”.

Na sequência da Cimeira do Clima realizada em setembro de 2019, as Nações Unidas criou um programa denominado “Promessa Climática”. Este programa apoia São Tomé e Príncipe e aos demais países vulneráveis quanto a questão climática.

“Apesar de haver um longo período a percorrer, estamos confiantes de que STP em parceria com as Nações Unidas tem todas as condições necessárias para atrair, imobilizar os parceiros adequados para implementar a transição energética e a recuperação verde que o país decidiu implementar”, acrescentou.

Por sua vez, o director-geral de Ambiente, Lourenço Monteiro, disse que quando se trata de questões climáticas, a responsabilidade recai sobre todas as pessoas.

“O problema das mudanças climáticas é um problema que vai além do espaço nacional, é um problema mundial… Esse problema tem que ser combatido graças a intervenção de todos, desde o cidadão até o chefe de Estado”, afirmou o titular da pasta de Ambiente.

 

Compartilhar :

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.