Dia Internacional do Jornalista: “O reconhecimento é merecido, face às circunstâncias”

Por ocasião do dia Internacional do Jornalista que hoje se assinala, 8 de setembro, o presidente da Associação dos Jornalistas de São Tomé e Príncipe, Juvenal Rodrigues no seu discurso de celebração da data felicitou os jornalistas são-tomenses e afirmou que “o reconhecimento é merecido, face às circunstâncias”.

“Celebra-se hoje o dia Internacional do Jornalista e o sexto aniversário da criação da nossa associação. Antes de tudo, a associação dos jornalistas são-tomenses saúda todos os profissionais e colaboradores da comunicação social estatal, privada e comunitária, assim como os correspondentes sérios da imprensa estrangeira”, disse Juvenal Rodrigues.

Rodrigues no seu discurso também reconheceu os esforços dos jornalistas na cobertura das eleições e no combate a pandemia da Covid-19.

 “Estavam a cumprir o seu dever. Porém, o reconhecimento é merecido, face às circunstâncias. Por isso, continuamos profundamente engajados até que os decisores criem condições para a implementação de facto do estatuto de carreira, independentemente do reajuste salarial”, sublinhou.

Juvenal Rodrigues disse ainda que o papel principal dos jornalistas é manter o público informado.

 “O dia internacional do jornalista é igualmente uma homenagem à todos os que atuam nesta profissão. Sua tarefa principal é lidar com notícias e factos, através da palavra e da imagem, preocupando-se em manter o público informado. Às vezes, com perda de vida. A AJS tem como foco contribuir que a qualidade de informação seja cada vez melhor”, sublinhou.

A data é celebrada em memória a jornalista tcheco, Julius Fučík que foi preso, torturado e executado por nazistas, em 1943.

About Post Author

Compartilhar :

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.