Embaixadora de STP na Guiné-Equatorial encontra-se com o representante de Comissão Eleitoral

A embaixadora de São Tomé e Príncipe na Guiné-Equatorial, encontrou-se hoje quarta-feira, 14 de Abril, com o representante de Comissão Eleitoral em Guiné-Equatorial, Clalider de Ceita.

O encontro de cortesia teve o objectivo de discutir como serão os processos de recenseamento eleitoral de raiz dos são-tomense residentes em Guiné-Equatorial.

Os trabalhos de recenseamento eleitoral dos são-tomense na Guiné-Equatorial decorrerão de 15 a 25 de Maio de corrente ano.

De recordar, que a Guiné-Equatorial acolhe mais de três centenas de emigrantes são-tomenses e este País vizinho partilha com São Tomé e Príncipe uma zona de sobreposição petrolífera na fronteira marítima assim como no plano político.

Malabo foi berço para a reorganização política dos nacionalistas são-tomenses na luta anti-colonial a qual traduziu-se à 12 de Julho de 1972, na criação do Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe (MLSTP) que viria a alcançar a sua Independência de Portugal à 12 de Julho de 1975.

Compartilhar :

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.