Estado de calamidade prorrogado por mais 15 dias em São Tomé

O governo são-tomense decidiu prorrogar o Estado de Calamidade na ilha de São Tomé por mais 15 dias, e continuar com o Estado de Emergência na ilha do Príncipe, como forma de se evitar a propagação da pandemia no país.

O anúncio foi feito pelo  Ministro da Saúde, Edgar Neves, no final de mais uma reunião de Comité de Crise face a pandemia da Covid-19 no arquipélago.

Segundo Edgar Neves, a equipa técnica de saúde “orientou no sentido de mantermos o Estado de Calamidade por mais 15 dias em São Tomé e a ilha do Príncipe continuar com Estado de Emergência…”.

O titular da pasta de saúde, adiantou ainda que esta decisão deve-se “ ao aumento progressivo de casos da Covid-19 quer em São Tomé como na ilha do Príncipe”.

E alertou a população para as medidas de prevenção, nomeadamente, a higienização das mãos, uso de mascara e distanciamento social.

 

Compartilhar :

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.