Milhares de euros desaparecem da embaixada de São Tomé

A inspeção Geral Diplomática e Consular (IGDC) do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) arquivou uma investigação ao desaparecimento de mais de €1.600 de receitas consulares da representação portuguesa em São Tomé e Príncipe porque não foi possível determinar se o autor do roubo trabalhava ou não na embaixada.

Mas no relatório final dessa inspeção, a que a SÁBADO teve acesso, a IGDC traça um retrato caótico da embaixada: roubos anteriores, falta de condições de segurança e funcionários que não cumprem regras. Mais: o total de dinheiro desaparecido era, afinal, de €2.352.

A investigação começou em setembro de 2019 depois de um funcionário denunciar o desaparecimento de €1.600 guardados num armário. A essa participação seguiu-se outra semelhante do embaixador, Luís Gaspar da Silva (atual cônsul no Rio de Janeiro).

Saiba mais em: https://www.sabado.pt/portugal/detalhe/milhares-de-euros-desaparecem-da-embaixada-de-sao-tome

Fonte: Sábado.pt

About Post Author

Compartilhar :

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.