Mário Rodrigues, antigo quadro da Televisão São-tomense, morreu ontem, terça-feira, alegadamente vítima da Covid-19, em Londres, Inglaterra.

Segundo o Jornal Téla Nón, nos últimos dias o malogrado esteve internado num hospital em Inglaterra, país onde fixou residência temporária desde o ano 2019.

Marito, como era conhecido, colaborou na fundação da equipa de reportagem da Delegação da RTP-África em São Tomé e Príncipe. Foi um dos primeiros operadores de imagem da RTP-África em São Tomé e Príncipe.

“Cresceu como operador de imagem, e chegou a categoria de realizador de programas”, acrescenta o jornal.

São Tomé e Príncipe perde assim, mais um profissional da comunicação social.

Compartilhar :