Novos agentes da P.N tomam posse e reforçam a segurança pública

O Comando Distrital de Água Grande, acolheu na manha desta sexta-feira, 10 de Setembro o juramento de bandeira de novos agentes da Policia Nacional. A cerimónia foi presidida pelo Primeiro-Ministro e, interinamente, Ministro da Defesa e Ordem Interna, Jorge Bom Jesus, acompanhado pelo Comandante-Geral da Policia Nacional, Superintendente Roldão Boa Morte.

O Curso de Formação de Agentes 2021 (CFA21), tive a duração de três meses, tendo inscritos 3 000  candidatos, mas só chegou ao fim 108, sendo 92 homens e 16 mulheres.

A agente, Arlinda Dias que terminou o curso como a primeira classificada agradeceu a todos os envolvidos no curso em nome dos novos agentes e visivelmente emocionada dedicou a vitória a sua mãe.

Na sua intervenção, o Comandante-Geral da Policia Nacional, Roldão Boa Morte realçou a necessidade de infra-estruturas adequadas de forma a melhorar a qualidade de formação.

“Com determinação e focado nas linhas mestres traçadas por nosso plano estratégico, entendemos que chegou a hora de haver uma mudança de paradigmas tanto ao nível de qualidade de formação daqueles que ingressam nesta instituição policial como também ao nível da exigência e do escrutínio no processo de admissão”.

Roldão Boa Morte no seu discurso também desejou maiores felicidades pessoais e profissionais aos agentes, e enfatizou a importância de estarem cientes dos enormes desafios que terão pela frente.

O primeiro-ministro e, interinamente, Ministro da Defesa e Ordem Interna, Jorge Bom Jesus realçou a importância da instituição de força de defesa num Estado de Direito Democrático.

“Num Estado de Direito Democrático, a instituição de defesa e segurança é vital para o nosso processo de desenvolvimento social, económico e cultural”, disse Primeiro-ministro.

Jorge Bom Jesus disse também que os novos agentes têm como primeira missão defender e honrar a farda que vestem, tendo acrescentando que “o serviço de defesa e segurança tem a missão de defender o povo de São Tomé e Príncipe”.

Bom Jesus apelou aos novos agentes a “terem perspectivas de polícia agente de proximidade, de vizinhança, adoção de uma atitude de sensibilização, pedagógica e usarem a coesão como o último recurso”.

A cerimónia também foi marcada com a entrega de prémios aos três primeiros classificados, patenteamento dos novos agentes e terminou com uma pequena demonstração das Técnicas de Intervenção Policial que aprenderam durante a formação.

 

 

 

 

Compartilhar :

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.