Presidente do Gana pretende deixar de exportar suas matérias-primas para Suíça

A presidente de Gana, Nana Akufo-Addo, divulgou em uma conferência na Assembleia Federal da Confederação Suíça em Berna, Suíça, no dia 28 de Fevereiro, que daqui a pouco Gana não exportará mais suas matérias-primas, incluindo grãos de cacau, para a Suíça.

O presidente de Gana disse que isso é uma tentativa de reduzir a dependência do país na produção e exportação de matérias-primas.  Para o presidente; Não pode haver prosperidade futura para os ganenses à médio, curto ou longo prazo,  se eles continuarem a depender da produção e exportação de matérias-primas.  Em vez disso, Gana está procurando aumentar a produtividade agrícola processando mais o seu próprio cacau.

De salientar que Gana tem sido o maior exportador de grãos de cacau para a Suíça e é o segundo maior exportador de cacau do mundo depois da Costa do Marfim. No entanto, seus agricultores não se beneficiaram desse status, com o agricultor de cacau ganhando em média entre 40-45 centavos de dólares por dia, em média, com base em um relatório da iniciativa do cacau em 2017.

O presidente Akufo-Addo, também divulgou planos para continuar a implementar infra-estruturas que irão atrair investimentos estrangeiros para Gana, bem como estimular o crescimento do setor privado.

O presidente de Gana acredita que este movimento, entre outros, moverá os ganenses da posição de vítimas ou peões na ordem económica internacional para uma posição mais beneficiária.

 

 

Compartilhar :

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.