Presidente São-tomense exonera ministro da Defesa e Ordem Interna

O Presidente da República de São Tomé e Príncipe Evaristo Carvalho decidiu, através do decreto presidencial tornado público esta segunda-feira (16.08), exonerar o ministro da Defesa e Ordem Interna, Óscar Sousa.

A decisão de Evaristo Carvalho vem atender ao pedido do Primeiro-ministro São-tomense, Jorge Bom Jesus, que dias atrás propôs a exoneração do referido ministro.

No comunicado, Bom Jesus justificava que o ministro da Defesa e Ordem Interna, Óscar Sousa “tem revelado, nos últimos dias, alguma incapacidade para exercício pleno das suas funções”.

Depois de três anos ocupando a pasta de Defesa do país, Óscar Sousa é obrigado a navegar por outros mares mesmo antes de ver terminado o seu mandato.

Compartilhar :

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.