São Tomé e Príncipe e China renovam acordo na área da Saúde

O Governo são-tomense assinou ontem (29.03) com a China um acordo que possibilita a manutenção de oito médicos especialistas Chineses em diversos hospitais do país.  Através desse acordo, os profissionais Chineses que actuam em várias especialidades sanitárias com destaque para Cardiologia, Ginecologia e Acupunctura manter-se-ão no País até 2023.

Ainda no âmbito deste protocolo assinado entre o ministro da Saúde, Edgar Neves e a Embaixadora da China acreditada no País, Xu YingZhen, os especialistas Chineses que manter-se-ao ou que virão da China terão o duplo papel de prestar assistência médica assim como de “troca de experiência” visando a capacitação de quadros são-tomenses.

“trata-se de um acordo indispensável e que vem conferir assistência médica a nossa população e troca de experiência aos quadros nacionais’, afirmou Edgar Neves, ministério da Saúde.

Na opinião da Diplomata Chinesa, trata-se de um “importante acordo para a população local”, que segundo ainda Xu YingZhen “reforçará obviamente amizade entre os dois Povos, nomeadamente Chinês e São-tomense”. 

Ao longo dos anos, a  República Popular da China tem vindo a cooperar com o Estado São-tomense em vários domínios.

Compartilhar :

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.