São Tomé e Príncipe poderá ser o primeiro país africano a beneficiar-se das vacinas contra a Covid-19

Durante uma conferência de imprensa realizada esta sexta-feira, 15 de Janeiro, no Ministério do Planeamento Finanças e Economia Azul,  o Ministro do Planeamento Finanças e Economia Azul, Osvaldo Vaz, afirmou que São Tomé e Príncipe poderá ser um dos primeiros países africanos a beneficiar-se das vacinas contra a Covid-19.

Segundo o Ministro ” o pedido foi feito directamente ao vice-presidente do Banco Mundial para África, que manifestou-se disponível que São Tomé e Príncipe seja o primeiro país da África a beneficiar-se da vacina”

Disse também que ” o Banco Mundial estará a fazer todos os possíveis para até Abril, disponibilizar ao país 6 milhões de dólares para aquisição e conservação das vacinas”.

Os processos para essa aquisição estão sendo feito pela equipa da saúde do país, Banco Mundial e com a colaboração da Organização Mundial da Saúde(OMS), e os mesmos envolvem a aquisição, conservação, bem como o tipo da vacina que vai-se utilizar.

As vacinas num primeiro momento, beneficiará 70% da população.

Director Regional do Banco Mundial para São Tomé e Príncipe e Ministro das Finanças e Economia Azul também abordaram sobre o projecto da renovação energética, que é um processo de 2 anos de duração. O primeiro ano é para preparar os processos e no outro será de implementação.

O Banco Mundial também beneficiará mais 15 mil famílias concernente a Programa Família.

 

Compartilhar :

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.