Sílvio Nascimento parabeniza Katya Aragão por constar no top 20 dos cineastas emergentes da NETFLIX

O actor e director angolano, Sílvio Nascimento, parabenizou a cineasta Santomense Katya Aragão, por constar no top 20 dos cineastas emergentes pré-seleccionados pela Netflix na competição “African Folktales, Reimagined” da UNESCO.

Sílvio Nascimento, fez uma publicação na rede social Intagram, onde mostrou-se orgulhoso por ver o talento dos filmmakers africanos ser reconhecido pela Netflix, o que reflete o bom desempenho que as produções africanas dos PALOP têm alcançado.

 

“Lembram-se da questão da NETFLIX? Pois é , lutaram os que perceberam mas vencemos todos, os Filmmakers Africanos têm rumo e agora até a zona PALOP foi contemplada e no final é isso que importa, o futuro vai encher-vos de orgulho e um dia a memória vai fazer lembrar a todos nós que Deus não dorme e os humilhados são exaltados”, descreveu o actor.

Katya Aragão é única cineasta da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa que foi selecionada na lista dos 20 melhores cineastas emergentes para os contos folclóricos africanos da Netflix & UNESCO, na lista contém um grupo dinâmico de criativos africanos de 13 países da região. Candidatos selecionados de 13 países da África Subsaariana; seis vencedores criarão curtas-metragens que estreiam na Netflix, a notícia foi dada a conhecer ao público no site de Netflix.

Os 20 cineastas emergentes irão para a próxima fase da competição, onde serão obrigados a apresentar suas histórias a um júri composto pelos mentores; Femi Odugbemi da Nigéria, Bongiwe Selane da África do Sul, Leila Afua Djansi, de Gana, David Tosh Gitonga, do Quênia, e Jean Luc Herbulot, do Congo, além de representantes da Netflix e da UNESCO que atuarão como guias no processo.

Fonte: AngoRussia

Compartilhar :

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.