Supremo Tribunal da Justiça dará sequência a Reforma de Estado

O Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Manuel Silva Cravid disse que irá continuar com a Reforma do Estado. O anúncio foi feito ontem, 18 de outobro a saída do encontro com o Presidente da República, Carlos Vila Nova.

“Nós queremos uma justiça que seja aquela que o povo pede, que povo quer que aconteça e estamos aqui precisamente para dizer ao senhor Presidente que vamos continuar com a reforma. A reforma não vai parar e vamos levá-lo ao fim”, disse Silva Cravid.

O Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, frisou ainda que o Chefe de Estado mostrou total disponibilidade em dar sequência ao processo de reforma da Justiça.

“Com [ex] Presidente da República Evaristo Carvalho, nós encontramos juntamentamente com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e as Nações Unidas de uma forma em geral um clima propício para que a reforma se faça”, disse Silva Cravid para depois acrescentar que “o Presidente, Carlos Vila Nova mostrou-se totalmente disposto a dar sequência com essa reforma”.

Manuel Silva Cravid disse ainda que assinou com Cabo Verde e Portugal um protocolo de cooperação e trabalho.

“Em Cabo Verde assinamos um protocolo de cooperação e trabalho, que visa precisamente permitir que os conselhos superiores de São Tomé e Príncipe e de Cabo Verde desencadeiem acções no sentido de permitir agilizar mais a justiça e trazer a colaboração dos magistrados de Cabo verde que já jubilaram para virem cá dar formação, os magistrados de STP que já jubilaram para irem a Cabo Verde também dar formação”, precisou.

Silva Cravid frisou também que estão a mobilizar meios e equipamentos para iniciar já no próximo mês as obras do Tribunal da primeira Estância para garantir melhores condições de trabalhos aos utentes.

“No próximo mês vamos iniciar as obras no Tribunal da primeira Estância e vamos mobilizar os meios e equipamentos para o edifício e uma vez terminada [as obras] vamos pôr a funcionar os Tribunais com melhores condições de trabalhos para os utentes que a ele recorrem”, avançou.

 

About Post Author

Compartilhar :

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.