WACA capacita os jornalistas e técnicos da comunicação social em questões ambientais

O Projeto de Investimento em Resiliência da Zona Costeira na África Ocidental – WACA ResIP realizou, hoje, 25 de novembro na Biblioteca Nacional, uma ação de formação destinado aos jornalistas, repórteres, comunicadores e técnicos da comunicação social, visando dar a conhecer as ações do projeto no terreno.

“Estamos aqui para ajudar a comunicação social a melhor divulgar aquilo que são as ações do WACA e não só, aqui que são os efeitos das mudanças climáticas para o país”, disse Olívio Diogo acrescentando que ” se nós tivermos os órgãos de comunicação social mais capacitados, mais adaptados para aquilo que são as mudanças climáticas, melhor a população fica informada e dessa forma nós teremos um país organizado em termos de comunicação das ações que se pode implementar para as questões das mudanças climáticas”.

Olívio Diogo destacou também a importância que a comunicação social tem na mudança de comportamento da população.

“A comunicação social é o vetor fundamental para apelação de qualquer comunidade, qualquer sociedade, daí que estamos convencidos que com esta formação aos membros da comunicação social estando eles mais preparados, ajudará o país a melhor proliferar aquilo que é as ações de Estado”, frisou.

WACA – Projeto de Investimento e Resiliência nas Áreas Costeira, tem desenvolvido diversas atividades em São Tomé e Príncipe, quer nas áreas costeiras, e piscatória, e é financiado pelo Banco Mundial

About Post Author

Compartilhar :

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.